Um conto curto

  •  
  • 307
  • 4
  • 2
  • Portuguese(Brazil) 
Jun 30, 2012 07:15
Escrevi um conto curto para praticar:

O sol nasceu, osssrinhos cantarem, os flores floreceram, mas senhor Fernandes ainda não acordou. Já foi nove e ele ficou na cama. Este mundo é horrível, uma pessoa pode morrer e ninguém vai saber, mas senhor Fernandes ainda não morreu.
Ele abriu os olhos dele, ele não poderia acreditar que ainda estava vivendo. O doctor disse pra ele que o fim dele está perto. Cada noite ele foi dormir e acreditou que não vai acordar na manhã. E por 5 anos ele acordou todo dia, esperou para o dia que não vai. Todo dia ele pensou "amanhã não vou acordar, esta noite vou espirar a última respiração na minha vida". E 5 anos pssou até no 15 de dezembro ele fechou os olhos para sempre. Ele sonhou sobre um lugar lindo, talvéz olhou o deus, e ele espirou a última respiração dele e corrou na jardim de enternidade no céu.

Por favor me corrigir.

Bom fim de semana! : )
To a case that something is not clear, the text in English:
The sun raised, the birds sang, the flowers bloomed, but mister Fernandes didn't woke up yet. It was already nine and he stayed in bed. This world is horrible, a person can die and no one will know (about that), but mister Fermandes didn't die yet.
He opened his eyes; he couldn't believe that he was still alive. The doctor told him that his end is near. Every night he went to sleep and believed that he is not going to wake up in the (next) morning. And for 5 years he woke up every day, waiting for the day that he won't. Every day he thought "tomorrow I won't wake up, this night I'm going to breathe (to take) the last breathing in my life". And 5 years passed till at December 15 he closed his eyes for always. He dreamt about a beautiful place, maybe he saw god, and he breathed his last breathing and ran in the garden of eternality in havens.
Img_hn_pc_bn300-3484a621094d33784ab18d6efd7f193a